Wednesday, February 19, 2014

Meninos choram e oram

 
Pare com isso! Mamãe diz,
Meninos não choram;
Mas um Anjo assim falou,
Como não?! Eles inclusive oram.

Meninos são doces e ingênuos,
Mas crescem para prover;
Num mundo que os impõe a macheza,
E os nega o direito de sofrer.

Mamãe! Acalente o menino,
Eduque-o à fraternidade;
Papai! Não tenha medo,
Pois lágrimas formam a honestidade.

Seu menino forte será,
De sua família cuidará com primor;
Porém não mais sob olhar dominante,
E sim com profundo amor.

Mamães e Papais zelosos,
Os meninos também choram,
Oh, oh, e como choram;
Mas não esqueçam de ensiná-los,
Que eles também oram.

Fraternalmente,

Gabriela Junqueira Balassiano
Refletindo o Espiritismo

4 comments:

  1. Bonito, Gahbi. Costumo criar tempo de verbo para algo assim: é o mais-que-bonito. Abraço.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Muito obrigada Márcio!
      Eu estou começando a caminhar, humildemente e envergonhadamente, nesse lindo mundo dos sonetos.
      É tudo muito experimental!
      Obrigada pelo carinho!

      Delete
  2. Lindo Gaby! envolve-nos em uma deliciosa leitura que por sua vez muito rica em ensinamentos. Deus a abençoe!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Gratidão amiga querida, estrelinha da nossa vida!

      Delete